cymera_20161205_012429

Amor volátil

 

Os dias passam
E as certezas se vão com eles
Será que foi tudo isso mesmo?
Será que eu não estou divagando demais?
Será?
Como se tudo o que aconteceu
fosse ficando cada vez mais distante
Como se o tempo
fosse uma lente que distorce
e confunde
Tudo que era certeza
Agora parece dúvida
olhando daqui

Você era sólido
Liquidificou-se
E está evaporando

Mas não antes de lavar cada poro meu
De me umedecer cada pedaço
e cada dobra
E de me tomar para si

Está evaporando
E não há nada que eu possa fazer para te segurar