A comparsa

Eu já morri tantas vezes… São incontáveis as vezes Em que ela me visitou Me estrangulou com suas mãos frias Até que o brilho dos meus olhos se apagasse Eu morri quando não pude [...]

Amor volátil

Os dias passam E as certezas se vão com eles Será que foi tudo isso mesmo? Será que eu não estou divagando demais? Será? Como se tudo o que aconteceu fosse ficando cada vez [...]

Ensaio de adeus

Penso no dia em que eu não mais pensarei tanto em ti Nem seguirei teus passos os fazendo tão meus! Nesse dia eu não mais invejarei cada cigarro que morreu em teus lábios Tampouco [...]

Esse vazio

Não sinto nada E durante muito tempo, foi isso que desejei Sentir demais, como sempre senti, Machuca E pesa E parece, muitas vezes, insuportável Não sentir nada parecia-me a única saída Mas não é [...]

Rascunho de mágoa

Mágoas são pessoas Com nome e endereço Que se negam a partir Mas que nunca estão São errantes No mundo errado É a lembrança teimosa e indiscreta Que escorre pelo rosto Sem qualquer permissão… [...]

Ela só quer se encontrar

Ela já foi tantas… Amélia e Capitu Criança Moça Amiga Esposa Mãe Já foi o que esperavam e já surpreendeu Já suportou dores insuportáveis e já chorou por coisas sem importância A bêbada A [...]

Voa, Beija-flor!

Não sabes da gratidão que lhe tenho, Beija-flor, Por desejar livrar-me do casulo Por tentar descascar-me Na esperança de ver, embaixo dessa casca grossa, beleza e leveza que dançam ao vento Te digo, porém, [...]