100_6322-1

Metamorfose da vida

 

A felicidade certo dia se sentiu deslocada
Sua emoção precisava de uma mudança
Enlouqueceu, na adrenalina embarcou, para ficar amadurecida
Mas fora do limite morreu, passou por nuança

Surgiu o Prazer, estava vazio, era previsível na arquibancada
Com seus amigos, seu trabalho estava só como uma criança
Certo dia encontrou uma bela jovem aborrecida
Saíram e viram que estavam na sintonia, através de fumaça

Bela Dor tinha tudo, boa vida e seguia seu sonho
Mas estava em depressão, planejava suicídio
Seu romance teve um final trágico, foi medonho

O Amor, seu amigo salvou sua vida, sem ódio
Ela esperava um bebê, ela se transformou, saiu do ninho
Os quatro se interligam, não existe mais nenhum presídio

Extraído do livro Composição Poética: http://go.shr.lc/1j1LTHU