edvardmunch-thescream-18932

O Grito

 
Preciso pedir que você se vá, mas ainda não consigo.
Está tudo muito confuso agora e eu estou aqui falando sozinha e sufocando com as palavras que eu preciso dizer, mas você não me ouve. E eu sou sempre ouvidos, carinhos, conselhos e você nunca está disponível para o que eu tenho a dizer. E fico aqui sozinha, repetindo, repetindo e repetindo pra mim mesma o que eu preciso dizer sem ter a quem.
E eu vou sufocar com tudo que está preso em minha garganta e que eu preciso gritar.
Então me ocorre que talvez tudo tenha sido alguma brincadeira de mau gosto, mas me lembro que é de você que estou falando e que você não brincaria. E começo a pensar que talvez eu não te conheça, e que a pessoa que eu conheci talvez não seja exatamente você, mas outra. Mas aí entendo que agora nem mesmo você sabe quem é, e que nós talvez não tenhamos sido nós, ou talvez nem mesmo tenhamos sido.
Está tudo muito confuso agora e eu não aguento mais gritar em silêncio palavras que ficam se jogando de um lado para o outro da minha cabeça, sem eu poder dizer nada, porque você não me ouve. E sua mudez vai me negando as respostas que eu preciso escutar, e seu silencio você vai me dizendo, sem palavras, aquilo que eu não quero ouvir.
Você vai precisar me deixar agora e enquanto não souber quem é, enquanto não quiser ouvir o que eu preciso dizer, e enquanto não tiver as respostas que preciso escutar, não volte.
Por favor, não volte.